BOTULISMO EM EQUINOS

Botulismo em equinos


Uma doença neurológica, causada pela bactéria Clostridium botulinum, e que pode levar o animal à morte.

O Botulismo em equinos, cujo agente pode ser encontrado em vários ambientes de todo o mundo, 

principalmente nas forragens contaminadas,seja no solo ou fornecida pelo produtor.

Já na corrente sanguínea do animal, a bactéria atinge rapidamente as células nervosas,

comprometendo a transmissão dos impulsos essenciais, sobretudo voltados para a locomoção.

Os primeiros sinais da doença são apresentados na forma de paralisação de partes dos membros,

debilidade acentuada, salivação excessiva do animal, dificuldade em mastigar, baixo apetite,

andamento alterado e com dificuldade, tremores musculares, dentre outros.

A identificação ou diagnóstico concreto do agente causador não é tão fácil,

já que os sinais são muito parecidos com outras doenças, como a raiva, por exemplo.

Diante disso recomenda-se uma análise das fezese dos alimentos que o animal ingeriu para se ter uma noção mais exata da causa.

Sendo bastante complicado, o tratamento se baseia na internação do animal afetado,

que precisa ter uma nutrição especial por meio de intubação, em virtude de sua debilidade.

É necessário em alguns casos ainda que o animal seja mantido suspenso com apoios especiais,

além de evacuar e urinar com ajuda manual.  Tudo isso atrelado a ministração de medicamentos por meio de soros.

A prevenção passa por uma alimentação de qualidade, eliminação de carcaças de animais mortos e higienização de ambientes possivelmente contaminados.


Fonte: Equisport

Publicado em: 22/11/2016
388



Seja o primeiro a comentar sobre esta Notícia!

Quero Comentar!

Create Account



Log In Your Account